Embaixada dos EUA abre inscrições para programa ‘Jovens Embaixadores

55
Reprodução

Amazonas – O Programa Jovens Embaixadores, promovido pela Embaixada e Consulados dos Estados Unidos no Brasil, está com inscrições abertas até 12 de setembro. O programa, que leva estudantes de ensino Médio da rede pública de ensino do Brasil para um intercâmbio nos EUA, selecionará 50 alunos de todas as partes do Brasil. Para mais informações e inscrições, acesse o site.

Os selecionados serão anunciados até 4 de novembro e o intercâmbio nos Estados Unidos, respeitando todos os protocolos de saúde e segurança e eventuais restrições decorrentes dela, está previsto para acontecer de 13 a 28 de janeiro de 2023.

Para a edição de 2023, poderão se inscrever estudantes que estão atualmente engajados, por pelo menos seis meses, em iniciativas de empreendedorismo e impacto social e que buscam a solução de problemas em suas comunidades. Perfil de liderança, excelência acadêmica e conhecimento da língua inglesa também estão entre os requisitos.

Para o encarregado de Negócios da Embaixada e Consulados dos EUA, Douglas Koneff, “este programa é uma oportunidade para alunos da rede pública se conectarem com a cultura norte-americana e com jovens líderes de todo o Brasil, assim ampliando seus horizontes e fortalecendo seus conhecimentos e habilidades para os desafios e oportunidades do Século XXI”.

Segundo Ashley Marques, moradora do Acre e Jovem Embaixadora de 2022, o programa “foi algo totalmente inesquecível e engrandecedor. Por ele eu pude ver o que eu realmente gostava de fazer, abrir meus horizontes, abrir os meus olhos para muita coisa”.

Saiba mais sobre empreendedorismo social:

Para fins do programa Jovens Embaixadores, empreendedorismo social é o conjunto de ações que levam a uma transformação social positiva. O programa busca jovens que querem desenvolver uma ideia, um produto ou serviço com o objetivo de beneficiar não somente a si próprio, mas também a sua comunidade. Independentemente de serem ações grandes ou pequenas, ou da área de empreendedorismo (inclusão social, educação, cultura, crédito comunitário, mobilidade urbana, igualdade de gênero e raça, meio ambiente, necessidades especiais, cooperativas em geral, etc.).

Saiba mais sobre o programa Jovens Embaixadores:

Foi criado pela Embaixada dos Estados Unidos no Brasil em 2003. O programa conta com a parceria do Conselho Nacional de Secretários de Educação (CONSED), das Secretarias Estaduais de Educação, da rede de Centros Binacionais Brasil-Estados Unidos e da USBEA, rede de ex-bolsistas de programas de intercâmbio do governo dos Estados Unidos.

Além disso, conta também com o apoio institucional das empresas FedEx, MSD, IBM e SMTour. Atualmente o Programa Jovens Embaixadores é implementado por todo o continente americano e conta, ainda, com um programa inverso para jovens norte-americanos representarem os EUA na América Latina. Desde sua criação, 745 jovens brasileiros já participaram do programa.

 

 

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui